Feed on
Posts
Comments

A Lenda de Kaldi

Acho que um post interessante para iniciar um blog sobre café seria contando um pouco da história do café. Vocês já ouviram falar na “Lenda de Kaldi”?

O café é originário da Abissínia, região da África hoje correspondente à Etiópia. Segundo a lenda, a descoberta deste fruto ocorreu por volta do século III d.C. por um pastor de cabras chamado Kaldi. Ao observar seu rebanho, o pastor percebeu que as cabras estavam se alimentando dos frutos de um arbusto muito comum na região e que depois disso os animais ficavam mais agitados e não demonstravam cansaço mesmo após percorrerem longas distâncias. Intrigado com o que estava ocorrendo, Kaldi foi até um monastério da região e contou aos monges o ocorrido. A primeira reação foi algo comum na época: atribuir a efeitos sobrenaturais ou a “obras do demônio” os acontecimentos para os quais não encontravam explicação. Sendo assim, atearam fogo aos arbustos e em pouco tempo um agradável aroma foi exaladado em todo o redor conforme os grãos eram queimados. Aquele aroma atraiu os demais monges que foram procurar a origem daquele perfume. Diante do ocorrido consideraram que algo com tão agradável aroma não poderia ser obra malígna e resolveram remover os frutos do fogo. Os grãos removidos foram amassados e colocados em água quente para verificarem o tipo de infusão que seria obtido. A bebida produzida foi provada pelos monges, que constataram um aumento de concentração e atenção durante as longas rezas e meditações. A notícia então se espalhou por todo o mosteiro e daí para o mundo. Eis então a descoberta do café!

One Response to “A Lenda de Kaldi”

  1. Carla Zevedo says:

    demais o artigo! curti isso!

Leave a Reply